Acessibilidade nos atrativos de Bonito e Pantanal Sul

ACESSIBILIDADE NOS ATRATIVOS DE BONITO E PANTANAL SUL

O contato com a natureza faz bem para os cinco sentidos, para o astral e para o coração. Se você convive com pessoas que utilizam cadeiras de rodas ou que possuem deficiência visual ou auditiva, sempre que possível proporcione experiências ao ar livre, onde os aromas dos bosques e até mesmo a brisa serão momentos inesquecíveis. E se puder venha para Bonito, o destino em que a ecologia é a grande atração. A agência de viagens Crisval Tur, dentro do Resort, indica abaixo os passeios mais adequados, e cuidará da emissão do Voucher Único para cada um deles.

ABISMO ANHUMAS

Cadeirantes: o passageiro é levado com o próprio transporte até o estacionamento do staff, depois percorre-se a trilha por uma passarela suspensa até a casa de apoio, onde será equipado ainda na cadeira de rodas pelo monitor e levado até o deck de descida, onde será colocado na corda para iniciar o rapel, acompanhado de monitor. Dentro da caverna realizará o passeio de bote e flutuação. É necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o monitor narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

AQUÁRIO DE BONITO

Cadeirantes: O atrativo é urbano, onde a acessibilidade para o interior do Aquário é realizado a bordo da própria cadeira. Não é necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o guia narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

BIO PARK

Cadeirantes: o passageiro desembarca no estacionamento do atrativo, onde iniciará o passeio na própria cadeira, acompanhado do biólogo. Não é necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o acompanhante e o biólogo podem narrar para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

PROJETO JIBOIA

Cadeirantes: O atrativo é urbano, onde a acessibilidade para o interior do Aquário é realizado a bordo da própria cadeira. Após a palestra, o visitante terá contato com a jibóia para fotos. Não é necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o guia narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

AQUÁRIO NATURAL

Cadeirantes: o passageiro é levado com o próprio transporte até próximo à Nascente do Rio Baía Bonita, onde o acompanhante o auxiliará na trilha suspensa e no embarque no bote, onde iniciará o passeio. É necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o guia narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

BARRA DO SUCURI

Cadeirantes: o passageiro é levado com o próprio transporte até o receptivo do passeio, de lá até o vestiário onde, com a ajuda do acompanhante vestirá a roupa de neoprene. Seguindo para o embarque no bote, iniciará o passeio. É necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o guia narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

NASCENTE AZUL

Cadeirantes: o passageiro é levado até um ponto da trilha com a caminhão, depois percorre-se por uma passarela suspensa até o deck da flutuação com uma cadeira anfíbia. É necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o guia narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

RIO DA PRATA

Cadeirantes: o passageiro poderá usufruir do receptivo, loja, restaurante e redário. Poderá visitar a Nascente do Rio Olho D’água onde será levado com o transporte da fazenda até à Nascente do Rio Olho D’água, acompanhado do guia e podendo, com a ajuda do acompanhante entrar na água e retornando ao receptivo em seguida. O passeio não possui acessibilidade. É necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o guia narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

RIO SUCURI (NASCENTE)

Cadeirantes: o passageiro poderá usufruir do receptivo, loja, restaurante e redário. O visitante será levado até o início da flutuação com o transporte da fazenda. O atrativo dará todo o suporte necessário para que o cliente consiga realizar a atividade de flutuação. Nesses casos, informando com antecedência iremos colocar 2 guias no grupo, sendo 1 para acompanhar o cadeirante e outro para cuidar do grupo. O passeio não possui acessibilidade. É necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o guia narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

CEITA CORÊ

Cadeirantes: Chegando no estacionamento do atrativo, o cadeirante poderá usufruir das instalações no receptivo, incluindo lago e piscina e no entorno da recepção. É necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o acompanhante narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

PARQUE DAS CACHOEIRAS

Cadeirantes: o passageiro é levado com o próprio transporte até o estacionamento do atrativo, onde poderá usufruir da piscina, redário e restaurante. É necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o acompanhante narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

PARQUE ECOLÓGICO DO RIO FORMOSO

Cadeirantes: o passageiro é levado com o próprio transporte até o estacionamento do atrativo, onde poderá usufruir da lagoa, espreguiçadeiras, redário e restaurante. É necessário acompanhante. 

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o acompanhante narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

PORTO DA ILHA ECO PARK – PASSEIO DE BOTE NO RIO FORMOSO

Cadeirantes: o passageiro é levado com o próprio transporte até o estacionamento do atrativo, onde poderá usufruir da estrutura do receptivo, restaurante, lanchonete, áreas para banho do balneário e no passeio de bote.

No passeio de bote, o cadeirante é colocado dentro de uma bóia, que por sua vez fica dentro do bote, onde ele realiza o passeio com toda segurança. É necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o guia narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

PRAIA DA FIGUEIRA

Cadeirantes: o passageiro é levado com o próprio transporte até próximo à lagoa da Praia da Figueira, onde poderá usufruir da lagoa (Inclusive caiaque), redário, lanchonete e restaurante. É necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o acompanhante narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

REFÚGIO DA BARRA

Cadeirantes: o passageiro desembarca no estacionamento e com a ajuda do seu acompanhante poderá dirigir-se até a área do receptivo, com acesso pelo gramado em sua própria cadeira de rodas. Permanecendo próximo ao deck de banho e restaurante, onde poderá usufruir do rio para banho com auxílio de seu acompanhante. Porém, o passeio não possui acessibilidade ainda (rampas, acessibilidade aos banheiros. É necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o acompanhante narra para o turista todo o local.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

FAZENDA SAN FRANCISCO – DAY USE

Cadeirantes: O passageiro é levado com o próprio transporte até o estacionamento da fazenda. Poderá realizar o passeio Safari Fotográfico embarcado no caminhão de turistas e o passeio de Chalana, com pescaria de piranhas e observação da fauna e flora do Corixo São Domingos. É necessário acompanhante.

Deficientes visuais – Não há informativo em braile, o guia narra para o turista todo o passeio.

Deficientes auditivos – não há guia habilitado em libras.

solicite orçamento